Arquivo mensal outubro 2018

porSacchelli

Como criar um cronograma de compras de aço pode ajudar a sua empresa

Ter uma boa gestão de estoque é um dos pontos cruciais para o bom desenvolvimento do negócio, afinal, uma gestão pouco eficiente pode ser um grande ponto para o desperdício de recursos e também um grande impeditivo para o funcionamento geral da empresa.

Tendo isso em mente a criação de um cronograma de compras de aço pode ser um grande aliado de qualquer empresa que precise desse recurso. Nesse sentido, uma boa gestão deve dar a devida atenção a esse aspecto.

Quer saber como gerenciar o seu estoque de aço para que você nunca fique na mão? Traremos 5 dicas básicas para te ajudar.

A gestão de estoque e cronograma de compra de aço

Essa é uma relação básica: para ter o produto para vender, as empresas devem primeiro ter a matéria prima em estoque, afinal, o produto não surge do nada, são empregadas técnicas para o seu desenvolvimento a partir de um material bruto, sendo esse, muitas vezes o aço.

Seja para o mercado de reposição de autopeças ouempresas voltadas ao ramo petrolífero, a criação de um cronograma de compra de aço é fundamental, sendo assim, vamos a algumas dicas preciosas na hora de fazer o da sua empresa.

Criando um cronograma de compras de aço

  • Realize um inventário

Sim, inventários podem ser trabalhosos e demorados, contudo, é a única forma de ter dados confiáveis sobre o estado atual do seu estoque. Claro, hoje existem inteligentes softwares de gestão de estoque, que facilitam muito o acesso e o controle das informações.

Um adendo muito importante é que caso o processo do fluxo de estoque não seja automatizado, é importante considerar a implementação de um software para tal. Isso pode agilizar a consulta de dados e permitir uma melhor gestão.

Pode ser interessante ter um comparativo mensal, dessa maneira você consegue prever sazonalidades quando houver, falaremos mais sobre esse assunto no tópico 3. Além disso, pode ser uma oportunidade de projetar compras para os próximos meses.

  • Tenha um espaço físico organizado

Você investiu no controle perfeito de estoque, mas na hora que precisa não consegue encontrar nada e pode até acabar comprando insumos de aço que você já tinha.

É fundamental que o estoque esteja organizado e que os produtos estejam armazenados de uma maneira que permita a visualização rápida. Destinar um funcionário para o controle de estoque periódico pode ajudar nesse processo.

O segredo é fazer! Teste novos formatos de organização e invista em recursos para te ajudar. Muitas vezes encaramos gastos com organização de estoque como um custo a mais e não um investimento.

Se tiver dúvidas de como fazer, pesquise com fornecedores. Muitos podem te ajudar com dicas de como realizam o controle de estoque em suas empresas. Essas dicas podem te ajudar com novas ideias, adapte para a realidade da sua empresa.

  • Entenda a sazonalidade do seu negócio

Um dos pontos mais importantes para um cronograma de compras de aço é a sazonalidade. Alguns negócios não têm indicadores muito estáveis sobre isso, por exemplo, uma fábrica de autopeças não saberá informar claramente o porquê em determinado mês alguns carros quebram mais e a demanda de peças aumenta.

Apesar disso, mantendo registros, você pode preparar o seu estoque para os meses que você já sabe que terá maior ou menor demanda. Dessa maneira é possível ter uma programação para não ter em excesso ou em falta.

Muitas vezes os picos de compra em alguns meses podem ter motivos desconhecidos para você. Nesses casos pesquise com seus clientes, eles podem indicar fatores externos da realidade deles que você não conhecia.

  • Consulte os dados diariamente

É muito importante estar atendo aos dados da empresa. Questões críticas passam por gestores frequentemente apenas por não estarem observando os números da empresa.

Além disso, você poderá ter informações sobre o andamento das metas de vendas. Isso permitirá com que você atualize suas projeções com facilidade. Muitas vezes cronogramas e projeções podem te ajudar a negociar preços com fornecedores.

  • Consulte fornecedores

Algumas empresas conhecidas no mercado, como a Sacchelli, oferecem serviços de suporte técnico. Esse tipo de serviço pode te ajudar tanto com a otimização de estoque como em outras etapas de produção. Os fornecedores podem sugerir a utilização de novos materiais, como até mesmo dicas de otimização.

As vantagens de ter um cronograma de compras de aço

As vantagens são inúmeras e vão desde o melhor ajuste do fluxo de caixa derivado do planejamento de produção, até a possibilidade de trabalhar com estoque reduzido. Além disso, uma gestão ativa do cronograma de compras pode te ajudar a reduzir custos.

Isso ocorre graças ao melhor controle geral de processos e a possibilidade de negociações bem definidas com os seus fornecedores. Pesquise fornecedores que ofereçam além de bons preços, serviços como o de suporte técnico. Isso pode ser um diferencial bacana para manter um relacionamento saudável com seu fornecedor.

Como você faz seu cronograma de compras? Deixe um comentário.

porSacchelli

5 Mitos e Verdades Sobre o Aço Chinês

5 Mitos e Verdades Sobre o Aço Chinês

Produtos chineses vêm tomando espaço em diversos mercados e no mercado de aço não é diferente. O aço chinês vem se tornando uma alternativa para diversos mercados, porém muitas empresas ainda têm receios com relação ao material. Pensando nisso desenvolvemos um conteúdo desvendando mitos e verdades sobre o aço chinês.

A maioria das pessoas tem uma impressão cultural de que produtos chineses são de menor qualidade. A verdade é que o desenvolvimento tecnológico do país também vem crescendo e atualmente é possível encontrar produtos com a mesma qualidade ou até melhores do que encontraríamos em outras partes do mundo.

1) Todo aço chinês é de menor qualidade: Mito

No caso do aço não é diferente. Existem usinas altamente capacitadas na China, que desenvolvem e exportam produtos de alta qualidade. O importante é saber diferenciar quem são as melhores empresas do mercado, os próximos tópicos podem te ajudar com essa questão.

2) É importante pedir certificação e garantia do fornecedor: Verdade

Uma das maneiras de garantir que o produto comprado é de qualidade é pedir a certificação da usina de quem comprará o produto. As certificações ajudam a regulamentar o mercado e as empresas trazendo uma segurança para o consumidor de que essa empresa cumpre com a qualidade de que se propõe.

É importante que o distribuidor de sua escolha te envie o certificado sempre que solicitar. Caso contrário desconfie do negócio proposto, não tenha medo de ser exigente.

3) Os produtos que vem da China são sempre mais baratos: Parcial

Sem dúvida a mão de obra chinesa e a facilidade com que o governo chinês impulsiona a indústria faz com que eles entrem com muita força em diversos segmentos. Por isso muitas vezes chega a ser impossível competir com os valores chineses.

No entanto, é importante ter em mente a oscilação do dólar. O dólar dita muito o valor com que o produto final chega e é vendido aqui no Brasil, com o atual cenário econômico de nosso país é possível existir oscilação no valor do produto. Fique atento e planeje sua compra.

4) Duvide de negociações milagrosas: Verdade

Por mais que a oscilação do dólar seja um fator decisivo nesse segmento/mercado é impossível empresas destoarem muito com relação ao valor cobrado pelo produto. Caso isso aconteça verifique se o certificado de usina está adequado e tente procurar uma recomendação de outros clientes dessa empresa.

Lembre-se ninguém consegue milagres, por isso desconfie sim de um preço muito diferente de outras cotações que tenha feito.

5) A reputação do distribuidor de aço traz uma garantia para o produto: Verdade

Outra questão importante que pode gerar uma certa “garantia” é a reputação do distribuidor com quem está comprando. Existem muitas empresas no segmento, porém você pode verificar quais empresas estão atuando a mais tempo no segmento ou que tem uma reputação interessante no mercado.

Sem dúvida você pode pedir recomendações de outros clientes que já adquiriram o material com eles e verificar como foram as experiências. Além disso, verifique qual a garantia que a distribuidora oferece com relação ao material e quais políticas aplica com relação à qualidade.

Concluindo

Como você pode ver a percepção sobre produtos chineses está mudando muito. O país vem investindo em tecnologia e oferecendo produtos de alta qualidade.

Isso não significa que você pode aceitar qualquer material chinês. É importante verificar a reputação do distribuidor e solicitar certificados das usinas. Além disso, fique atento a oscilação do dólar, pois isso pode afetar a variação de preços e desconfie de qualquer preço milagroso.

Gostou? Já teve alguma experiência com esse tipo de material? Deixe um comentário!